coisas do género

“quotas não, o que interessa é o mérito”

“quotas não, o que interessa é o mérito”

a) as mulheres obviamente merecem não ter acesso a lugares de decisão, como se vê por haver apenas 13% de mulheres nas direções das empresas cotadas em bolsa

b) toda a gente sabe que as mulheres têm muito mais mérito a engomar a roupa ou, pelo menos, a mandar engomá-la.

c) a realidade tem provado sistematicamente que sem quotas não há verdadeiras oportunidades no acesso das mulheres a cargos de poder. Num mundo ideal, não seriam precisas quotas máximas para homens, mas estamos ainda longe desse mundo. Até lá, as quotas garantem um mínimo dos mínimos de participação.